segunda-feira, 2 de abril de 2012

Delegação Italiana em Sete Lagoas

Oii gente,

A notícia que corre por Sete Lagoas e pelos sites da cidade é que estamos cotados para receber a Delegação Italiana. Muitos criticaram essa idéia pela cidade não ter total condições, porém creio que a cidade ainda tem muito o que melhorar, e essa pode ser uma grande oportunidade para todos.
Em visita a Roma, o governador Antonio Anastasia fez um pedido para que a delegação permanecesse no estado e que escolhesse um dos 19 municípios aptos a serem Centros de Treinamento de Seleção.


"O presidente da federação, Giancarlo afirmou que está acompanhando as transformações de Minas Gerais para a Copa e que se sente muito honrado em receber o primeiro convite de um estado brasileiro para abrigar a seleção italiana.
Governador vai à Itália para reforçar importância de Minas durante a Copa de 2014 - Foto Agência Minas Governador vai à Itália para reforçar importância de Minas durante a Copa de 2014 - Foto Agência Minas

Apesar de o grupo italiano ter sinalizado para a instalação dos atletas em Belo Horizonte, o propósito do governo é o de promover a escolha do maior número de cidade como CTS em Minas. Além disso o governo busca ainda, organizar no interior do Estado, durante a Copa das Confederações e em 2014, eventos nos moldes das Fan Fests promovidas pela FIFA.

Além de Sete Lagoas, Minas tem outros 19 municípios inscritos junto à Fifa para se qualificar como CTS, são eles: Araxá, Caxambu, Caeté, Divinópolis, Extrema, Formiga, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Lagoa Santa, Montes Claros, Mathias Barbosa, Patos de Minas, Poços de Caldas, Sacramento, Uberaba, Uberlândia e Varginha. A Fifa pré selecionou 14 campos em 7 cidades de Minas como possíveis Centros de Treinamento, sendo eles o de Araxá, Extrema, Juiz de Fora, Matias Barbosa, Montes Claros, Uberlândia e Belo Horizonte.

Ao todo, cerca de 5 mil pessoas devem ser capacitadas para a Copa até o final de 2012 (cursos de línguas, agentes de informação turística, guia de turismo, auxiliar de cozinha, camareira, garçom, recepcionista, gestão de negócio, planejamento de emergência hospitalar externa e princípios de medicina de catástrofe).A expectativa é que 14.496 empregos diretos sejam gerados com obras da Copa em BH, como a reforma do Mineirão, do Independência e a construção de novos hotéis."




Beijos  Flavinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário